COMUNICADO AOS UTENTES
COVID-19

No âmbito da pandemia COVID19, e com a declaração da Situação de Calamidade a partir do dia 4 de maio de 2020, a Clínica reabriu, cumprindo integralmente as recomendações da Direção Geral de Saúde e da Ordem dos Médicos Dentistas relativamente aos novos procedimentos no sentido de proporcionar a proteção dos pacientes e do corpo clínico.

 
 
 

 

Ortodontia

 
 
A Ortodontia é a especialidade que possibilita posicionar corretamente os dentes com o objetivo de permitir uma adequada funcionalidade do maxilar e aquisição de uma estética harmoniosa. Dentes alinhados e nivelados suportados por uma gengiva saudável tem uma grande influência na imagem de uma pessoa e consequentemente na sua autoestima.

Um tratamento de Ortodontia que pode ser efetuado em crianças e adultos, no entanto é necessário ser claramente informado pelo seu médico dentista sobre o que é possível corrigir e como corrigi-lo.
 
 
 
 
O Aparelho Ortodôntico (AO) pode ser fixo ou removível.

No AO removível podem ser utilizadas diversas técnicas de correção, uma das quais é a técnica INVISALIGN.

Esta técnica. Através dum planeamento digital, o tratamento precisa apenas de consultas breves e habitualmente pouco invasivas com o seu médico dentista a cada 6 a 8 semanas.

Este irá entregar-lhe a próxima série de alinhadores para levar consigo, para que possa substituí-los a cada 1-2 semanas, onde quer que esteja. Os alinhadores feitos com o material SmartTrack são mais confortáveis, são cortados exatamente à medida da sua linha gengival para um melhor encaixe e são fáceis de colocar e retirar. São também menos dolorosos do que os aparelhos de metal.

Como os alinhadores são removíveis, pode retirá-los e colocá-los facilmente para continuar a comer o que gosta sem quaisquer restrições. Para os praticantes de desportos de contacto, os alinhadores transparentes Invisalign podem ser removidos antes da prática desportiva.

Saiba mais:
https://www.invisalign.pt
 
 
 
 
 
 
 
 

CASO CLÍNICO - INVISALIGN

 
 
Caso Clínico Invisalign Antes do Tratamento
 
Antes do tratamento
 
 
 
Caso Clínico Invisalign Depois do Tratamento
 
Após o tratamento
 
 
 
 

 

DAMON SYSTEM

 
 
No caso do AO fixo este pode ser constituído por brackets metálicos ou estéticos. A utilização do sistema Damon elimina a necessidade de utilizar a mecânica tradicional que pode requerer extrações de forma mais frequente. Com os brackets tradicionais os ortodontistas têm frequentemente que tracionar os dentes apinhados para abrir espaço. O sistema Damon utiliza forças biológicas que aproveitam os processos adaptativos do corpo para criar espaço de forma natural. Na maioria dos casos, os médicos dentistas que utilizam o sistema Damon podem fazer tratamentos sem extrações.

Com o tratamento tradicional, criar espaço e desenvolver as arcadas pode requerer que o paciente leve aparelhos extraorais incómodos e expansores palatinos dolorosos.

No entanto, uma série de estudo tomográficos recentes demonstrou que a utilização de forças ligeiras e constantes do sistema Damon estimula um processo adaptativo natural que alarga as arcadas criando espaço e um sorriso pleno e bonito.

Saiba mais:
https://ormco.pt/produtos/brackets/brackets-de-aut...
 
 
 
 
 
 
 
 

CASO CLINICO 1 - ORTODONTIA COM SISTEMA DAMON

 
 
Ortodontia Com Sistema Damon Antes do Tratamento
 
Antes do tratamento
 
 
 
Ortodontia Com Sistema Damon
 
Tratamento com sistema DAMON
 
 
 
Ortodontia Com Sistema Damon Após Tratamento
 
Após o tratamento
 
 
 
 

CASO CLINICO 2 - ORTODONTIA COM SISTEMA DAMON

 
 
Ortodontia Com Sistema Damon Antes do Tratamento 1
 
Antes do tratamento
 
 
 
Ortodontia Com Sistema Damon 1
 
Tratamento com sistema DAMON
 
 
 
Ortodontia Com Sistema Damon Após Tratamento 1
 
Após o tratamento
 
 
 
 
 
 

 

IMPLANTOLOGIA

 
 
Esta especialidade da medicina dentária tem sofrido uma grande evolução sendo das mais solicitadas porque permite obter a melhor solução na ausência do dente natural.

Os implantes dentários não são mais do que raízes artificiais dos dentes, de forma a poder apoiar nas mesmas uma coroa artificial.
O paciente não sente os implantes, uma vez que estes permitem uma mastigação e comodidade idêntica aos dentes naturais.
 
 

CASO CLÍNICO - IMPLANTES DENTÁRIOs

 
 
Implantes Dentários
 
Antes do tratamento
 
 
 
Implantes Dentários 1
 
Após o tratamento
 
 
 
 
 
 
 

 

PRÓTESE FIXA E REMOVÍVEL

 
 
As próteses dentárias vêm resolver os problemas estéticos resultantes da falta e falhas nos dentes, assim como restaurar as suas funções mastigatória e fonética.

Quando existe parte da estrutura do dente a opção é sempre preservar, sendo a prótese fixa a escolha ideal, pelo seu conforto e estética
 
 
Prótese fixa

As próteses fixas são constituídas por facetas, coroas, pontes e próteses totais suportadas por implantes.
 
 
 
Próteses Fixas
 
 
 
 
 
As facetas
Na medicina Dentária os resultados estéticos são tão importantes e valorizados como os funcionais. As facetas cerâmicas permitem atingir ótimos resultados estéticos e funcionais através de uma dentisteria minimamente invasiva.

As facetas cerâmicas podem ser utilizadas numa vasta gama de situações clínicas, nomeadamente dentes com restaurações extensas ou fraturados, alterações de forma e cor ou encerramento de diastemas.
As facetas cerâmicas mostram ser um ótimo tratamento estético graças à não pigmentação da cerâmica e manutenção do brilho acrescentando vantagens a nível de dureza semelhante ao esmalte, bem como boa saúde periodontal e vitalidade pulpar.

 
 
 
Próteses
 
 
 
 

CASO CLÍNICO – FACETAS CERÂMICAS

 
 
Facetas Cerâmicas Antes do Tratamento
 
Antes do tratamento
 
 
 
Facetas Cerâmicas Depois Tratamento
 
Após o tratamento
 
 
 
 
 
Prótese removível

As próteses removíveis podem ser parciais e totais. As parciais removíveis podem ser totalmente em acrílico ou terem uma parte metálica chamada esqueleto e destinam-se a substituir um ou mais dentes. Estas últimas são conhecidas como esqueléticas.As próteses parciais removíveis em acrílico são as mais baratas e deveriam ter apenas um carácter temporário. No entanto são as mais usadas por razões sócio económicas. Este tipo de prótese é mantida na boca pelas retenções presentes nos dentes que ainda restam. Apoia-se nos tecidos moles e no caso de algumas esqueléticas também nos dentes naturais ainda presentes.
 
 
 
Protese Removível
 
 
 
 
 
 
 

 

DENTISTERIA

 
 
 
É a área da Medicina Dentária que permite restituir a anatomia dentária perdida por cárie, trauma, alterações de cor ou malformações dentárias congénitas ou doenças sistémicas (bulimia, bruxismo, refluxo gástrico, etc.).

A cárie é uma doença oral dependente de vários factores: uma alimentação rica em açúcares, presença de placa bacteriana, alterações da saliva e características dos próprios dentes, entre outros. O tratamento passa pela remoção de toda a estrutura dentária que se encontre cariada. Este procedimento resulta na formação de uma cavidade que é preenchida com um de dois materiais restauradores altamente biocompatíveis: resina composta (compósito) ou amálgama.
 
 
 
 
Dentisteria
 
 
 
 
 
 
 
 

 

PERIODONTOLOGIA

 
 
O termo “periodontal” quer dizer literalmente “à volta do dente”. As doenças periodontais são infeções causadas por bactérias que afetam o periodonto, ou seja, os tecidos que envolvem e suportam os dentes. Nomeadamente, a gengiva, o osso e o ligamento periodontal (estabelece a união entre a raiz do dente e o osso alveolar).
As doenças periodontais dividem-se em dois grandes grupos: as gengivites e as periodontites.
Na gengivite apenas a gengiva está afetada, existindo uma inflamação superficial reversível.
Na periodontite, além da inflamação da gengiva, há também uma destruição mais profunda e irreversível dos restantes tecidos de suporte, como o osso alveolar e o ligamento periodontal, podendo nas situações mais avançadas colocar em risco a sobrevivência dos dentes.
 
 
 
 
Peropdontologia
 
 
 
 
 

CASO CLÍNICO 1 - PERIODONTOLOGIA

 
 
Periodontologia Antes do tratamento
 
Antes do tratamento
 
 
 
Periodontologia  1 mes do tratamento
 
1 mês após enxerto
 
 
 
Periodontologia Após tratamento
 
Após o tratamento
 
 
 
 

CASO CLÍNICO 2 - PERIODONTOLOGIA

 
 
Periodontologia 1
 
Antes do tratamento
 
 
 
Periodontologia 2
 
Após o tratamento
 
 
 
 
 
 

 

ODONTOPEDIATRIA

 
 
 
A Odontopediatria é a área da Medicina Dentária que se relaciona com a prevenção e manutenção da saúde oral infantil, desde o primeiro dente até à adolescência, através de orientações para a prática de uma higiene oral correta, prevenção e tratamento de doenças, contribuindo para uma dentição saudável no futuro.
 
 
 
 
Odontopediatria